Reunião tensa entre médicos e prefeitura no Ministério Público

Canal Viva Bem


No final da manhã desta quinta-feira, 28/2, a reunião de negociação entre médicos grevistas e a Prefeitura de Aracaju, intermediada pelo Ministério Público com a presença dos médicos vestidos todos de jaleco, não teve um início tão cordial quanto se esperava. O encontro chegou a ser interrompido, pois a indignação dos médicos presentes foi tamanha, chegando a promotora a declarar que não haveria avanços nesta negociação, já que tanto a prefeitura quanto os médicos chegaram já com posições definidas.


Após um intervalo de mais ou menos 15 minutos, já com todos os ânimos menos exaltados, a reunião reiniciou. Neste novo momento a prefeitura resolveu ceder aos principais pontos de reivindicações, assinando um termo de compromisso no Ministério Público, validando as propostas dos médicos, que será levado para avaliação na assembléia da categoria, amanhã às 8:30 horas na sede do sindicato, a qual definirá o rumo do movimento médico.


Os pontos que ficaram no termo de compromisso firmado pela prefeitura no Ministério Público, foram, entre outros, o piso e a tabela salarial do médico de acordo com a FENAM, a ser anunciado até 15 de março de 2008, o fim do teto salarial, o cumprimento do acordo da última greve referente a gratificação para os especialistas de 10% do salário-base já em abril/2008, retroativo a janeiro/2008 e a organização do trabalho do médico.