Programa do leite será discutido com os pequenos produtores

Canal Viva Bem


Discutir como ampliar e melhorar o Programa de Aquisição de Alimentos – Leite (PAA-Leite). Este é o objetivo do 1º Seminário dos Pequenos Produtores de Leite de Sergipe, realizado pela Secretaria de Estado de Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides).


O seminário vai acontecer em cinco cidades, reunindo os pequenos produtores de cada região. O primeiro aconteceu dia 20 deste mês, na cidade de Poço Redondo e reuniu 203 produtores de Poço Redondo e Porto da Folha.


Segundo Mirsa Leite, diretora do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria de Inclusão Social, “a proposta do seminário é se aproximar do produtor, ouvi-lo, saber de suas preocupações e de suas propostas para o aditivo do programa, que começa em março e vale até 2009”.


“Pela primeira vez, o pequeno produtor está sendo ouvido. Hoje, vamos definir prioridades e apresentar sugestões para transformar ainda mais a vida de cada um de nós”, disse Roberto Araújo, representante dos pequenos produtores.


“O programa do leite tem objetivo não só social, mas também econômico, que é equilibrar a cadeia produtiva do leite, incentivando e estabilizando a vida do pequeno produtor. Agora, estamos tendo um diálogo direto com o produtor para renovar e melhorar o programa”, disse a secretária de Inclusão Social, Ana Lucia Menezes.


Estiverem presentes na abertura do seminário, José Gilmário Lima, representando a prefeita de Poço Redondo, Iziane Pinório, o deputado estadual Mardoqueu Bodano, e o deputado federal Iran Barbosa. Os próximos seminários acontecerão no dia 22, em Nossa Senhora da Glória; dia 26, em Japoatã; dia 6 de março, em Tobias Barreto; e, no dia 12, em Frei Paulo


PAA Leite


O programa de Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite (PAA Leite Fome Zero) é uma ação do governo federal, através do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, em convênio com os governos estaduais, que visa o combate à insegurança alimentar e nutricional de crianças, gestantes, nutrizes, idosos e portadores de deficiência, bem como fortalecer a cadeia produtiva do leite da agricultura familiar.


O Programa do Leite compra dos pequenos produtores sergipanos e distribui diariamente 34.300 litros de leite pasteurizado tipo C, beneficiando aproximadamente 30 mil famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional em 29 municípios das diversas regiões territoriais do Estado.