Mobilização no dia 17 marcará movimento de valorização do SUS e do trabalho médico

Canal Viva Bem


Amanhã, 17 de abril, em Brasília, os médicos brasileiros realizarão ato público no Congresso Nacional para chamar a atenção da sociedade e das autoridades para a grave situação em que se encontra a saúde pública em nosso país.


Em documento encaminhado ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva; ao ministro da Saúde, José Gomes Temporão e às lideranças políticas, os presidentes das entidades médicas, Edson de Oliveira Andrade (Conselho Federal de Medicina), José Luiz Gomes do Amaral (Associação Médica Brasileira) e Eduardo Santana (Federação Nacional dos Médicos), manifestaram o descontentamento com a condução do SUS: “Ao atingirmos duas décadas de promulgação da Constituição que assenta os fundamentos do SUS, deparamo-nos com sérias deficiências na assistência à saúde prestada ao cidadão brasileiro, que necessitam imediata solução”.


A sessão especial em homenagem ao Dia Mundial da Saúde e aos 60 anos de fundação da Organização Mundial de Saúde, no dia 9 de abril, motivou a votação e aprovação pelo Senado Federal da regulamentação da Emenda Constitucional nº 29, que define os valores que devem ser aplicados na área da saúde, e foi encaminhada para votação na Câmara dos Deputados.


Para as entidades médicas que organizam o evento desta quinta-feira, os médicos devem agora concentrar esforços na Câmara dos Deputados para referendar a aprovação da Emenda.


     


SERVIÇO:


Manifestação pela Valorização do SUS e do Trabalho Médico


Dia: 17 de abril – quinta-feira


Horário: 14 h


Local: Anexo II, Ala das Comissões, Plenário 02 da Câmara dos Deputados


 


Fonte: Portal Médico