Entidades médicas mobilizam-se em favor da EC29

Canal Viva Bem


Com jalecos, faixas e adesivos, representantes das entidades médicas – Conselho Federal de Medicina, Associação Médica Brasileira e Federação Nacional dos Médicos – participaram de mobilização na quinta-feira, 28/5, com parlamentares para sensibilizá-los da importância da regulamentação da Emenda Constitucional 29 para a saúde brasileira.


O Movimento Nacional Pró-Regulamentação da EC 29 visitou os gabinetes dos deputados e procurou esclarecer o que é a “Emenda da Saúde”, quem vai se beneficiar com a emenda e qual é a proposta da bancada da saúde, a fim de ter votos favoráveis.


Segundo o representante do CFM, Aloísio Tibiriçá, a luta pela regulamentação da Emenda Constitucional 29 é muito antiga. “A saúde precisa que a emenda seja utilizada corretamente. Com o financiamento que temos hoje, a falta de assistência é a regra em todo o País. A aprovação desse projeto nos dá condições de melhorar a saúde da população brasileira e a situação do médico”, defende o conselheiro.


Sem chegar a um acordo, a Câmara dos Deputados adiou a votação para a próxima terça-feira (3). A proposta é analisar melhor a nova proposta de fonte de recursos defendida por parlamentares da base aliada, a Contribuição Social para a Saúde (CSS). Ela deverá ter um formato parecido com a antiga CPMF, o imposto do cheque, cobrada a partir das transações financeiras.