Comissão do Ato Médico firma parceria com tatuadores para regulamentação da profissão

Canal Viva Bem


Colocadores de piercings e tatuadores foram convidados pela Comissão Nacional em Defesa do Ato Médico para ampliar o debate sobre o exercício das duas atividades. O encontro, que contou com a participação do presidente da Sociedade Médica de Sergipe (Somese), Roberto Gurgel, que também é diretor de Defesa Profissional da Associação Médica Brasileira (AMB), foi realizado no dia 16 de agosto, na sede do Conselho Federal de Medicina (CFM).


 


O resultado da reunião foi o comprometimento dos médicos para a produção de um documento em que será declarado um acordo mútuo de auxílio para regulamentação das duas atividades. O 1º vice-presidente do CFM, Roberto D´Ávila explica os termos do entendimento: “Um acordo nosso, para que tenham a profissão regulamentada, e deles não colocando nenhum obstáculo à regulamentação da nossa profissão”.


 


A reunião contou também com a participação do médico Sérvulo Nunes, que integra a Comissão Nacional em Defesa do Ato Médico, como representante de Sergipe.