Unimed admite dependente de união homoafetiva

Canal Viva Bem


A Unimed já está admitindo parceiros do mesmo sexo como dependentes nos seus planos de saúde. A medida foi homologada pela Diretoria de Negócios da cooperativa médica, no último dia 25.


 


A admissão deve atender as exigências de comprovação da união homoafetiva, através de declaração de união e convivência estável das partes, obtida em cartório de registro civil, bem como a caracterização de dependência econômica. De acordo com o diretor de Negócios, Lúcio Prado Dias, tal procedimento é normal. “Ele atende as exigências da própria legislação e de conseqüências futuras, nos aspectos de sucessão, liberação de seguros e outros”.


 


Com tal decisão, a Unimed dá uma demonstração de cidadania, no reconhecimento dos direitos humanos, mostrando uma perfeita sintonia no processo de valorização do ser humano.