Atendimentos do Samu Sergipe aumentam 90,1% no primeiro semestre de 2008

Canal Viva Bem


Foto: Isa Vanny


 


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe) ampliou em 90,1% o número de atendimentos prestados à população sergipana de janeiro a julho de 2008. Nos primeiros seis meses de 2007, o Serviço atendeu a 20.297 chamados e no mesmo período deste ano o número de atendimentos aumentou para 38.586. O acréscimo na quantidade de pessoas socorridas é reflexo direto do aumento da frota do Serviço, que passou de 23 Unidades de Suporte Básico (USB) e Avançado (USA) em funcionamento no mês de janeiro de 2007, para as atuais 33 unidades.


 


Além disso, as capacitações permanentes pelas quais têm passado todos os profissionais do Serviço e a implantação do modelo geocêntrico de atendimento, que está descentralizando as bases do Samu para 35 cidades, permitiu que o tempo resposta médio às chamadas seja de até 30 minutos. “Com esta abrangência, aumentamos a assistência pré-hospitalar em 33 municípios de Sergipe, abrangendo todo o Estado e cobrindo rodovias federais, estaduais e municipais”, ressalta a coordenadora de enfermagem do Samu 192 Sergipe, Conceição Mendonça. Para ela, o aumento no número de atendimentos reflete a expansão por que passa o Serviço. “Aumentamos a cobertura para locais que antes desta gestão o Samu não cobria”, complementa Conceição Mendonça.


 


Vidas salvas


O comerciante J.E.S., 44 anos, morador do município de Estância, é um exemplo de como o novo modelo vem permitindo ao Samu salvar vidas em todo o Estado, sobretudo em locais que até pouco tempo não contavam com a assistência pré-hospitalar.


 


Vítima de um acidente de trânsito envolvendo uma moto e uma carroça na BR-101, ele sofreu fraturas expostas na perna e na mão, além de forte pancada na cabeça, e foi encaminhado pelo Samu 192 Sergipe até o Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (HUSE).


 


“Graças ao Samu tudo deu certo. Eles chegaram em menos de 20 minutos e me socorreram a tempo. Fico pensando como seria se não fossem eles, acho que ficaria esperando socorro até de manhã”, comenta, ao lembrar que o acidente acorreu por volta das 20 horas.



 


Trotes


De acordo com a coordenadora de Enfermagem do Samu Sergipe, Conceição Mendonça, embora o Serviço venha registrando este aumento considerável na quantidade de atendimentos, o número de trotes ainda permanece alto. No mês de junho, 50% das ligações recebidas eram trotes e, em julho, as chamadas falsas representaram 49% do total de 20.476 recebidas.


 


“Somente um mesmo número de telefone móvel ligou 103 vezes. É preciso ter bom senso e saber que o nosso serviço é para salvar vidas, não é brincadeira. Esta prática causa muitos prejuízos ao Serviço e à vida das pessoas que precisam do atendimento de urgência”, enfatizou.


 


Parceria

A parceria entre o Samu 192 Sergipe e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) vem garantindo mais agilidade e eficácia no atendimento aos acidentes em rodovias sergipanas. A ação conjunta foi iniciada em fevereiro de 2007 e até julho deste ano já prestou 829 atendimentos a partir do Posto de Comando localizado em São Cristóvão.

De acordo com o relatório, o número de atendimentos no Posto da PRF em São Cristóvão vem aumentando gradativamente. Em maio deste ano foram atendidas 40 pessoas, em junho 70 e, em julho, 80.


 


“O Samu Sergipe está de prontidão com uma equipe de Suporte Básico de Vida (USB) no posto de comando da PRF em São Cristóvão para prestar atendimentos na BR-101 e no acesso à BR-235. Sempre que possível e quando temos o mesmo objetivo, nós fazemos ações em conjunto”, explicou Clóvis França, coordenador médico do Serviço.