Agência suspende produtos sem registro de oito empresas

Canal Viva Bem


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu segunda-feira, 17/3, a fabricação, distribuição, comércio e uso de produtos fabricados por oito empresas de todo país, por não possuírem registro.


Entre os produtos suspensos estão todos sob vigilância sanitária fabricados pela empresa Pomada Síria Cosméticos (RE 698), de Planura (MG) e todos os saneantes e cosméticos produzidos pela Ideal Química Indústria de Detergentes (Re 745), de Curvelo (MG).


Também não possuem registro os produtos para a saúde fabricados pela empresa Fuji Yama do Brasil Indústria e Comércio de Aparelhos de Fisioterapia (RE 746), de Londrina (PR); e todos os medicamentos fabricados pela empresa Izabel Prates Bendlin, nome fantasia Mc Fitoterápica (RE 741), do município de Matos Costa (SC).


A Agência suspendeu ainda todos os produtos sob vigilância sanitária fabricados pelas empresas Mato Verde Agro Indústria e Comércio, nome fantasia Unipharmus (RE 744), de Vargem Alta (ES); e Sophisa Produtos de Tecnologia (RE 747), de São Paulo (SP).


Os produtos Soda Cáustica Imperial Plus, fabricado pela Imperial Indústria Produtos de Limpeza (RE 696), de Uberlândia (MG), e Matotex – Combatedor de Insetos (RE 743), de fabricante desconhecido, também foram suspensos, por não possuírem registro.


Registro


A consulta ao registro de produtos pode ser feita no site da própria Anvisa, de acordo com a área do produto consultado. O registro é a garantia de que o produto foi avaliado, com bases científicas, e atende às normas da vigilância sanitária. A liberação da Anvisa ocorre somente quando todas as exigências são cumpridas.


Denúncias sobre medicamentos, cosméticos e produtos para saúde sem registro sanitário podem ser feitas à Anvisa pelo endereço eletrônico ouvidoria@anvisa.gov.br.


Fonte: Anvisa