Segurança Pública e Samu 192 Sergipe realizam mais uma remoção aeromédica de paciente do SUS

Canal Viva Bem

Mais uma ação conjunta em benefício de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) foi concretizada pelo Governo de Sergipe, através do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe) e da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-SE). Uma remoção aeromédica realizada nesta terça-feira (28) beneficiou a paciente Vanessa Alves Feitosa, 23 anos, puérpera há uma semana, que necessitava de cuidados médicos emergenciais após apresentar hemorragia vaginal.

De acordo com a superintendente do Samu 192 Sergipe, Conceição Mendonça, Vanessa Alves deu entrada numa unidade de saúde localizada no município de Canindé de São Francisco, apresentando choque hipovolêmico grave. Conforme evolução do quadro de saúde, a paciente precisava ser transportada para a capital no menor intervalo de tempo possível.

“A remoção rápida foi feita mediante esforços do GTA [Grupamento Tático Aéreo], que tornou viável o deslocamento da paciente por meio de helicóptero em até quatro horas, incluindo o tempo utilizado no processo de estabilização da mesma”, explicou Conceição, em agradecimentos aos gestores da SSP-SE, através do GTA, pelo compromisso com a saúde dos sergipanos e parceria favorável a garantia plena da assistência pré-hospitalar oferecida pelo Samu 192 Sergipe.

Segundo a coordenadora médica do Samu, Roberta Barreto, a paciente recebeu o devido acompanhamento de uma equipe formada por médico e enfermeiro da SSP-SE durante transporte aéreo. Ao pousar em Aracaju, Vanessa Alves passou a receber os devidos cuidados de uma equipe assistencial do Samu, que a aguardava numa Unidade de Suporte Avançado (USA), a fim de conduzi-la até o Hospital e Maternidade Santa Isabel, onde permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“A paciente apresentava quadro de eclâmpsia tardia, desenvolvida após o parto. Necessitava realmente de rápida locomoção para que pudesse ser atendida numa unidade de alta complexidade. Diante desse cenário, o apoio do GTA através de profissionais e veículo aéreo se fez extremamente necessário, tendo o Samu disponibilizado a montagem da aeronave com equipamentos e mochilas de suporte avançado de vida, além de ter viabilizado todo o transporte terrestre da paciente”, ressaltou a coordenadora médica do Samu 192 Sergipe.

Outro caso

Em janeiro deste ano, o Samu 192 Sergipe também contou com o apoio da SSP-SE e helicóptero do GTA para atender uma paciente em Canindé de São Francisco. Jeraci Vieira da Silva, 32 anos, foi diagnosticada com metrorragia e necessitava de transporte imediato para a capital. Para isso, o helicóptero do GTA seguiu para o município com kit instalado, além de enfermeira e médica reguladora e intervencionista do Samu, que acompanharam a paciente.

Por Nubia Santana