PROFISSIONALIZAÇÃO

Canal Viva Bem

Sejuc disponibiliza cursos para ressocialização de detentos

A Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (SEJUC), através da Assessoria de Planejamento (Asplan), já possui lista de cursos técnicos profissionalizantes, que serão realizados durante o ano de 2009. Os cursos decorrentes do convênio 083/2007, firmado entre a Sejuc e Ministério da Justiça, tem o intuito de capacitar internos e internas do Sistema Prisional do Estado. Neste ano serão beneficiados cerca de 557 detentos, no período de 15 meses. A empresa vencedora do processo licitatório para fornecimento desses cursos, foi a Associação para Organização de Administração e Eventos, Educação e Capacitação- Capacitar.

Desenvolvido pela Asplan da Sejuc, o projeto, objetiva diminuir a ociosidade, proporcionar capacitação dos presos em profissões autônomas, incentivar ressocialização por meio da profissionalização, diminuir o número de reincidência criminal e os inserir no mercado de trabalho após cumprimento da pena. Diante do compromisso da Secretaria com a qualificação profissional dos detentos, Tereza Carvalho, afirma, “ nós vamos exigir da empresa (Capacitar), para que haja um comprometimento com a realização desse convênio. Sua execução deverá estar de acordo com o projeto que foi aprovado pelo Ministério da Justiça”.


Para disponibilização da profissionalização técnica, a coordenadora do projeto, Jucileide Vieira, entrevistou a população carcerária dos presídios.Foi realizada uma triagem e, de acordo com o perfil dos presos, verificada demanda para os cursos oferecidos. As fichas de inscrições já foram entregues aos 557 participantes. Serão ofertados pelo Desipe, através das diretorias dos presídios, o local para realização das aulas, a segurança dos professores, a sistematização para início e conclusão dos cursos.


O projeto “Ressocializar Profissionalizando Internos do Sistema Prisional de Sergipe”, será implantado em cinco presídios sergipanos. As detentas custodiadas no Presídio Feminino (PREFEM) receberão cursos de confeiteira, padeira, corte e costura. No PEAB, PRESLEM, PREMABAS serão disponibilizados cursos de carpinteiro, pintor de obras, pedreiro de piso e eletricista de automóveis. Já os internos COPEMCAN, aprenderão ofícios de instalador hidráulico, carpinteiro, pintor de obras, pedreiro de piso e eletricista de automóveis..


Durante a execução do calendário profissionalizante, haverá acompanhamento técnico e pedagógico, além da execução de avaliação do aluno por prova teórica e/ou prática. Aqueles que obtiverem um bom nível de aprendizagem, ganharão certificados. A ação contínua da Secretaria de Justiça, através da somatização de esforços da Asplan e Desipe, vem recrutando cada vez mais, um maior número de detentos do Sistema Penitenciário sergipano. Segundo o diretor do Desipe, Manuel Lúcio Neto, Além do benefício da aprendizagem, internos e internas também terão, a cada 12 horas/aula, direito a remissão de um dia em suas penas.