NOSSA SENHORA DO SOCORRO

Canal Viva Bem

Cerca de 45 profissionais da educação do município de Nossa Senhora do Socorro, participaram na manhã desta segunda-feira, 18, do encerramento do I Módulo da Capacitação em Libras. O curso que teve carga horária de 40 horas, foi iniciado no mês de dezembro, na sede da Secretária de Educação.


Segundo a coordenadora de Educação Especial, Jaqueline Montalvão, teve como objetivo atende demanda escolar. “O curso é prepara professores para atender alunos com deficiência auditiva. Cada sala que tiver um aluno surdo tem de ter um interprete. No momento o município conta com um interprete, mas a intenção é adotar muito mais, para atender a todos esses alunos”, informou ao explicar que a rede pública já atende cinco alunos com deficiência auditiva.


O instrutor e deficiente auditivo, César Augusto Gonçalves, 31 anos, trabalha na área há quase dois anos. “Quando criança na escola eu percebi  a grande dificuldade que um deficiente auditivo tem de aprender,  não entendi a língua portuguesa, só aprendia  sinais, como nossa segunda língua, então decidi que essa seria minha missão, facilitar a vida de estudantes, ensinando através de sinais”, ressaltou.


Aprovação – A vice diretora, Fabiane  Araújo dos Santos, elogiou a iniciativa do  município em promover a capacitação. “A educação inclusiva se faz necessária, uma vez que nós professores precisamos estar atentos a novas mudanças e uma delas é o curso de libras que é extremamente necessário”, afirmou.


Quem também aprovou a capacitação foi Cleones Andrade, que trabalha na secretaria de uma escola no Parque dos Faróis “Foi uma oportunidade maravilhosa, onde aprendemos mais uma língua, que a partir do aprendizado conseguimos nos comunicar com deficientes auditivos”, disse.