Meningite está sob controle em Sergipe

Canal Viva Bem


Apesar do surto de meningite notificado pela Secretaria de Estado de Saúde da Bahia na cidade de Salvador (BA), a situação da doença em Sergipe permanece dentro dos padrões históricos regulares registrados no Estado. A informação é da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde (SES).


 


Até o último dia 25 de agosto, foram notificados 63 casos da doença e cinco óbitos foram confirmados. Em 2006, Sergipe registrou 121 casos de meningite com 23 óbitos. A meningite é a ocorrência de um processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem o cérebro, e pode ter tanto origem infecciosa como não infecciosa. A doença pode ser causada por diversos microorganismos como bactérias, vírus, fungos e outros.


 


A SES está realizando o trabalho de orientação dos municípios para que eles notifiquem o quanto antes qualquer caso que possa ter relação com meningites para que todas as medidas de cura e prevenção de contágio possam ser tomadas. Os municípios também precisam esclarecer a população sobre a doença com trabalhos de educação permanente.


 


Sintomas


Os sintomas mais comuns de meningite em crianças acima de um ano e adultos são febre persistente, dores de cabeça intensas, vômitos, e dores para movimentar o pescoço. Em crianças menores de um ano os sintomas são febre, vômito, irritabilidade ou sonolência e elevação da moleira. Caso o paciente ou a família identifique esses sintomas, é fundamental buscar atendimento na unidade de saúde mais próxima o quanto antes.