INCLUSÃO SOCIAL

Canal Viva Bem


Fundação Universa vai montar proposta de reordenamento de abrigos


A Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides) recebeu uma equipe da Fundação Universa, que veio apresentar o plano de trabalho para a criação da proposta de reordenamento de abrigos e execução de medidas sócio-educativas em Sergipe. A Universa venceu o edital 579/2008 da Secretaria de Inclusão Social, através da Unesco.


Segundo o coordenador do projeto e membro da Universa, Robert Lassance, a fundação é ligada à Universidade Católica de Brasília (UCB) e trabalha com pesquisa, capacitação e consultoria em diversas áreas. “Aqui em Sergipe vamos montar um diagnóstico social e construir diretrizes para o reordenamento de abrigos e execução de medidas sócio-educativas, passando por diversos pontos, como estrutura, gestão e recursos humanos”, explicou.


Ele disse que o projeto deve ser executado de seis a sete meses e é uma grande oportunidade para o Estado. “Sergipe é um Estado pequeno e com menor volume de problemas, proporcionalmente falando. Esta é uma oportunidade de criar uma rede de atendimento à população, evitando uma maior fragilidade do sistema”, afirmou.


“O reordenamento dos abrigos e da execução de medidas sócio-educativas em meio aberto é necessário para garantir a proposta nacional de convivência familiar e comunitária, um direito das crianças e adolescentes e que facilita o trabalho de reinserção delas no seio familiar e social”, explicou a secretária de Estado da Inclusão Social, Ana Lucia Menezes. De acordo com ela, as propostas apresentadas serão discutidas e amadurecidas com os municípios, que executam, juntamente com o Estado, a política de Assistência Social.


Sobre a Universa


A Fundação Universa é uma entidade de direito privado com autonomia administrativa e patrimonial. Foi criada em 1998 pela União Brasiliense de Educação e Cultura (UBEC), mantenedora da Universidade Católica de Brasília, da Faculdade Católica do Tocantins e do Centro Universitário do Leste de Minas, entre outras instituições. Possui três áreas de atuação: Educação; Concursos Públicos e Processos Seletivos; e Projetos e Negócios. Tem sede em Brasília (DF), filial em Palmas (TO) e representações no Rio de Janeiro e em Minas Gerais.