Células-tronco embrionárias humanas fomentam discussões

Canal Viva Bem


Os “Aspectos éticos das terapias com células-tronco” será o tema de abertura do III Congresso da Sociedade Médica de Sergipe, cujo tema central será “Células-Tronco: Avanços da Medicina”. A palestra será proferida na noite do dia 18 de outubro, Dia do Médico, pelo Dr. Reinaldo Ayer de Oliveira, coordenador da Câmara Técnica de Bioética do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp). “Faremos uma grande festa, pela passagem do Dia do Médico, pelos 70 anos da Somese e também pela abertura do congresso”, afirma Roberto Gurgel. Reinaldo Ayer é também professor doutor do Departamento de Medicina Legal, Ética Médica, Medicina Social e do Trabalho da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.


 


A utilização em pesquisas científicas das células-tronco embrionárias humanas tem fomentado diversas discussões em todo o país. Uma das razões é o artigo 5º da Lei de Biossegurança, aprovada no Congresso Nacional e sancionada pelo presidente da República em março de 2005, que autoriza as pesquisas com esse tipo de células-tronco. Em maio de 2005, o artigo 5º foi contestado no Supremo Tribunal Federal (STF) pela Procuradoria Geral da República com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade. Agora, o destino das pesquisas brasileiras com células-tronco de embriões humanos será decidido pelos ministros do STF.


 


O desenvolvimento científico e tecnológico nas áreas das ciências da saúde abriu a possibilidade de novas terapias. Não obstante os resultados promissores é ainda foco de discussão os aspectos éticos da implementação e utilização destas novas terapias de maneira generalizada. A ética médica e a bioética, nesta discussão, terão papel fundamental na definição sobre os destinos e aplicabilidade da experimentação e da prática clínica.


 


No período de 18 a 20 deste mês, vão estar em Sergipe 11 pesquisadores de renome nacional e internacional, na área de células-tronco. “Entre os palestrantes teremos os pesquisadores Júlio César Voltarelli, Ricardo Ribeiro dos Santos, Milena Botelho Soares e José Eduardo Krieger”, informa Tânia Andrade, coordenadora científica do III Congresso da Somese, ressaltando que o tema “Células-Tronco: Avanços da Medicina” foi escolhido, visando agregar médicos de várias especialidades.


 


O evento será aberto às 19 horas do dia 18, Dia do Médico, no Centro de Convenções de Sergipe (CCS). A expectativa é reunir cerca de 600 participantes, entre médicos e outros profissionais ligados à área médica, além de universitários. Informações e inscrições no site www.exitoeventos.com.br/celulastronco . Devido à importância do Congresso e também da comemoração dos 70 anos da Sociedade Médica de Sergipe, o evento tem como patrocinador master a Unimed.