“Alô Doutor” entrevista o cirurgião oncológico Roberto Gurgel

Canal Viva Bem

Na sexta-feira, 27, foi comemorado o Dia Nacional de Combate ao Câncer. No mesmo dia, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) divulgou uma estimativa de 600 mil novos casos da doença para 2016. Para falar sobre o assunto, o Programa Viva Bem, apresentado por Magna Santana na Ilha FM, entrevistou no último sábado, 28, no quadro “Alô Doutor”, o cirurgião oncológico da Clínica Onco Hematos, Roberto Gurgel, que explicou quais os principais tipos de câncer detectados em homens e mulheres e quais as principais formas de prevenção. Em sua entrevista, Roberto Gurgel afirmou que é possível prevenir o câncer através de hábitos saudáveis, como uma alimentação balanceada, praticar atividade física e deixar de fumar.

Dentre os tipos de câncer que mais atingem as mulheres está o câncer de mama e o de colo do útero. O cirurgião oncológico explicou que cada tipo tem sua forma de prevenção. “A prevenção do câncer de mama é muito mais no diagnóstico precoce, pois quanto mais cedo detectar, menor será o tumor e maior a chance de cura. Já o câncer de colo do útero, a prevenção é fazer o acompanhamento ginecológico anualmente, pois o exame vai detectar doenças que podem se transformar em câncer”, explicou.

No homem, o médico destacou que os principais tipos de câncer são o de pulmão e o de próstata. “O segredo da prevenção do câncer de pulmão é parar de fumar, o mais rápido possível. Já o câncer de próstata, a prevenção é a realização do exame. Atualmente tem essa polêmica toda de qual a idade para fazer o exame. Existem idades que o câncer é pequeno e é de evolução extremamente lenta, como, por exemplo, em um senhor de uma idade muito avançada. Já numa pessoa de 60 anos de idade, a taxa de incidência do câncer aumenta, mas para prevenir que nessa idade o estágio do câncer não esteja avançado, é preciso fazer o exame entre os 40 e 50 anos de idade”, disse.

Alimentos cancerígenos

Os alimentos cancerígenos também foram tema da entrevista com o doutor, que ressaltou que é preciso equilibrar a alimentação e pensar em fazer dietas mais saudáveis, com verduras, frutas e Vitamina A. “Não é que a pessoa precisa se privar de outros alimentos, apenas equilibrar a alimentação, associando sempre a algum exercício físico, que contribui para uma vida mais saudável”.

“Pílula do Câncer”

Outro questionamento respondido pelo doutor foi sobre a “pílula do câncer”, que está em estudo e o Inca está tentando permitir as investigações para a cura da doença. “Ainda é difícil encontrar a cura para o câncer, são vários tipos de caminhos para levar a um tipo de câncer, e é praticamente impossível que uma droga seja capaz de bloquear todos os caminhos de transformações celular para a transformação do câncer. Pode acontecer de inibir um ou dois caminhos, mas não todos”, finalizou.