Unidade Neonatal da Nossa Senhora de Lourdes oferece especialidades e interação entre pais e filhos

Canal Viva Bem

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes pioneira no Estado de Sergipe em alto risco, disponibiliza atendimento especializado aos bebês prematuros e com necessidades e cuidados especiais através da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin). O objetivo é diminuir as taxas de mortalidade, e promover uma recuperação mais rápida para os recém-nascidos com algum tipo de patologia.

A Unidade Neonatal é composta por três unidades: Unidade de Terapia Intensiva neonatal (UTIN), Unidade de Cuidados Intermediários convencional (UCINCO) e Unidade de Cuidados Intermediários Canguru (UCINCA).

A UCINCA contempla uma equipe multidisciplinar composta por mais de 300 profissionais sendo eles: médicos especializados na área de neonatologia e outras especialidades pediátricas (cirurgia pediátrica, neurologia clínica e cirúrgica, otorrinolaringologia, Cardiologia, pneumologia, nutrologia, genética, nefrologia, entre outros), equipe de enfermagem (enfermeiros e técnicos de enfermagem, fisioterapia, terapia ocupacional, serviço social e psicologia de referência.  Os recém nascidos que precisarem de assistência cardíaca cirúrgica contam também com o apoio do Hospital do Coração.

A gerente da UTIN, Monique Daniela dos Santos Lima Cabral, informou que a UTIN é caracterizada como tipo 3, por conta da maior complexidade que existe dentro de uma unidade  neonatal de terapia intensiva.  A unidade possui 34 leitos para neonatos de alto risco que necessitam de cuidados intensivos constantes.

Canguru

Além dos serviços oferecidos na Unidade Neonatal aos bebês prematuros ou de baixo peso, a equipe multiprofissional promove um maior contato entre a mãe e o bebê através do método Canguru, um modelo de assistência ao recém-nascido prematuro e sua família, internado na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal, voltado para o cuidado humanizado que reúne estratégias de intervenção biopsicossocial.

A UCINCA conta com 24 leitos destinados ao cuidado com o recém-nascido, que fica juntamente com a mãe ou o pai.  Já na Unidade de Cuidados Intermediários (Ucinco), são 25 leitos destinados ao recém-nascido de médio risco que necessitam de recursos físicos e humanos especializados para prestação de cuidados médicos hospitalares constantes.

Monique ressalta a importância dos pais durante a permanência do bebê na UTIN. “As mães desenvolvem um papel importante, já que são elas que têm a função de amamentar os bebês com o leite humano. Aqui, elas também são orientadas sobre os cuidados que devem ter com o recém nascido, estimula o vínculo dos pais com seu filho através da humanização, o que proporciona um bem estar maior para o bebê.  Há evidências na literatura que essa interação dos pais com o bebê proporciona um bem-estar maior para essa criança”, finalizou a gerente Monique.

Fonte: ASN

Foto: Divulgação