SMS promove o programa “Geração Sem Aids” na Escola Dom Luciano

Canal Viva Bem


A Secretaria Municipal de Saúde e o Programa Municipal de DST/Aids  vai realizar o programa “Geração Sem Aids”, nesta sexta-feira, dia 23, às 14h, no Colégio Estadual Dom Luciano José Cabral Duarte. O evento  é uma das atividades da campanha do SUS Municipal em alusão ao Dia Mundial Contra a Aids.


 


O programa “Geração sem aids” seguirá o formato lúdico e jovem do ‘Programa Livre’, proporcionando um espaço de diálogo entre adolescentes, professores e profissionais de saúde sobre temas relativos DST e aids, gravidez não planejada, violência, drogas e sexualidade humana e as interfaces desses temas com a família e a sociedade.


 


Animação e palestrantes


Como animadores do “Geração sem Aids”, a SMS contará como os profissionais Pierre Feitosa e a drag queen Karolyne Prinscipal. Nos intervalos, a festa será comandada pelas bandas Naureia e Fator Exclusivo, que é uma banda de rock de jovens do bairro Santos Dumont.


 


O Dia Mundial de Luta Contra a AIDS é comemorado no dia 1º de dezembro. Com o slogan ‘Sua Atitude Tem Muita Força na Luta Contra a Aids’, a campanha em todo o mundo tem como foco principal os jovens entre 14 e 24 anos. A campanha em Aracaju foi estrategicamente antecipada e lançada no último dia 20, pelo secretário Municipal de Saúde, Marcos Ramos Carvalho. Na capital aracajuana, além do Programa “Geração Sem Aids” a outra grande expectativa é a III Caminhada da Prevenção que será realizada no dia 30 de novembro, no centro da cidade. (veja programação).


 


Até o Dia Mundial Contra a Aids, a SMS pretende chamar a atenção da população para a problemática do tema. Em vários pontos da cidade serão realizadas panfletagens. Da agenda, desde o dia 23 de novembro, no Mirante da 13 de Julho está aberta para visitação pública a exposição itinerante de cartoons do Festival Internacional de Humor em DST e Aids.


 


Segundo o secretário Municipal de Saúde, a epidemia no Brasil está estabilizada. O número de novos casos a cada ano é semelhante, ou seja, não vem apresentado grande crescimento. Entretanto, no Nordeste, o perfil é diferente. As ocorrências continuam crescendo. E especificamente, no Estado de Sergipe, nós tivemos em todo o ano 140 casos em 2006 e este ano, já notificamos 93 casos. A gente percebe também que o perfil da epidemia mudou: no final da década de 80, a população mais atingida era a de homossexuais e usuários de drogas, mas hoje ela atinge toda classe social”. diz.


 


Números


De 1987 a 2007, o município de Aracaju contabiliza 769 casos de aids notificados, sendo 567 homens e 202 mulheres. Este ano, foram notificados 36 casos (24 homens e 12 mulheres). Atualmente, em Sergipe, há 1.585 casos notificados da doença, sendo 1.101 casos em pessoas do sexo masculino e 484 do sexo feminino. Em 2007, o estado contabilizou 93 casos da doença.


 


Programação


 


Dia 23 de novembro (sexta-feira)


– 14h Programa “Geração Sem Aids”


Local: Colégio Estadual Dom Luciano José Cabral Duarte


Um formato do ‘Programa Livre’, perguntas e respostas,


 


Dia 25 de novembro (domingo)


– 10h BLIITZ DA PREVENÇÃO


Local: Praia de Atalaia


(no Arco da Atalaia)


 


Dia 30 de novembro (sexta-feira)


– 14h Caminhada da Prevenção


   Concentração Praça da bandeira


 


Dia 01 de dezembro (sábado)


– 8h panfletagem no Dia Mundial de Luta contra Aids


Concentração Mercado Thales Ferraz (passarela das flores)