Semana da Amamentação prossegue até dia 7 na capital e interior

Canal Viva Bem


Foto: Walber Farias


 


Nesta sexta-feira, 1º de agosto, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) abriu a XVII Semana Mundial da Amamentação, evento que prossegue até a próxima quinta-feira, 7, na capital e no interior, com diversas ações nas 12 maternidades e nos três bancos de leite humano de Sergipe. A solenidade de abertura reuniu gestores e profissionais de saúde no Hotel Parque dos Coqueiros, em Aracaju.


 


A programação teve início com a palestra do pediatra Byron Ramos, que chamou a atenção do público para as dificuldades das mães em amamentar e o apoio de que precisam para vencer os obstáculos, que vão desde a preocupação com o corpo, até o medo das novas responsabilidades que surgem com o nascimento do bebê. O mesmo tema foi abordado com humor e irreverência pelo grupo de teatro Iacema.


 


“Na gestação e pós-parto, as mães passam por um momento de transformação em vários aspectos. Assumir os cuidados com o bebê, construir o vínculo de amor materno e atravessar as dificuldades são fatores que devem ser enfrentados com a ajuda de todos os que cercam essas mães. Por isso, é importância estimular e promover o aleitamento, estar junto e acolher a mulher nessa hora”, ressaltou Byron Ramos.


 


O evento deu início a uma extensa programação que prossegue até o dia 7. No interior, as secretarias municipais de Saúde vão realizar caminhadas, palestras, apresentações teatrais e gincanas nas escolas e unidades básicas de saúde. Além disso, haverá divulgação na mídia para enfatizar não só a importância da amamentação, mas também da doação de leite.


 


A abertura da Semana da Amamentação contou também com as presenças da pediatra Eleonora Ribeiro, representando a primeira-dama do Estado, Eliane Aquino, da coordenadora estadual de Atenção Básica, Ana Débora Santana, da gestora da Atenção Básica na área de Saúde da Criança e do Adolescente, Andréia Dygas, da gerente do Banco de Leite, Hélia Karla Agapito, da coordenadora estadual de Nutrição e Vigilância Alimentar, Gildenae Jaguar, e do diretor geral da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, Juan Lobo Rivas.