Saúde promove ações de prevenção junto aos municípios inscritos no Selo Unicef

Canal Viva Bem


A Coordenação do Programa DST/AIDS da Secretaria de Estado da Saúde (SES) está promovendo ações de prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis e o vírus HIV, nos municípios inscritos para conquistar o Selo Unicef. De acordo com o médico Almir Santana, responsável técnico pelo programa estadual, para receber a certificação do Fundo das Nações Unidas para a Infância, os municípios precisam atingir indicadores de impacto social que beneficiem crianças e adolescentes.


 


“Isso inclui também diminuir os casos de Aids entre a população infanto-juvenil. Para tal, um importante passo é reduzir a transmissão vertical do vírus”, disse Almir Santana, acrescentando que atualmente existem 53 casos confirmados de crianças portadoras do vírus HIV em Sergipe. Segundo ele, a doença pode ser transmitida da mãe para o bebê na gestação, durante o parto ou até mesmo no aleitamento.


 


O médico disse que o programa estadual vem desenvolvendo ações educativas e de mobilização, a exemplo de palestras e caminhadas. “Na semana passada, em Cedro de São João, além dessas atividades, também foram realizados testes de HIV e Sífilis. Naquele município registramos um crescimento do número de casos de Aids em jovens homossexuais”, comentou Almir.


 


Reconhecimento


O selo do Fundo das Nações Unidas Para a Infância é um reconhecimento internacional dado aos municípios do semi-árido brasileiro que se empenharam para melhorar os índices relacionados à qualidade de vida da sua população infanto-juvenil. Nove Estados nordestinos, além de Minas Gerais (MG) e Espírito Santo (ES) fazem parte da iniciativa.


 


Os municípios inscritos serão avaliados nos próximos dois anos por indicadores relacionados ao impacto social, gestão de políticas públicas e participação social a fim de conseguir o reconhecimento. Em 2006, apenas cinco dos 34 municípios sergipanos que se inscreveram para concorrer ao Selo conseguiram o certificado: Cedro de São João, Lagarto, Poço Redondo, Porto da Folha e Propriá.