Saúde discute implantação de ambientes livres de tabaco em órgãos estaduais

Canal Viva Bem

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Coordenação de Comunicação e da Gerência de Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANT) da Vigilância Epidemiológica, sugeriu a promoção de ações de combate ao fumo dentro das secretarias estaduais e órgãos públicos que quiserem aderir ao projeto intitulado ‘Ambiente de Trabalho Livre de Tabaco, realizado em comemoração ao Dia Nacional de Combate ao Fumo, no dia 29 de agosto.

Para isso, a coordenadora de Comunicação da SES, Nadja Araújo, reuniu na tarde desta quarta-feira, 6, representantes de secretarias e órgãos do Governo do Estado para discutir as melhores estratégias que devem ser aplicadas em cada local. “O projeto elaborado pela DANT tem por objetivo criar uma política de restrição ao fumo em ambientes fechados como aqui na SES, de acordo com a Lei 9.294/96”, explicou Nadja.

A SES, por exemplo, disponibiliza em sua sede uma área verde no andar térreo um espaço para que os servidores possam fumar. “Existem sinalizações nos corredores da secretaria avisando que o ambiente é livre de cigarro, porque devemos também proteger a saúde dos não-fumantes. Então vamos aproveitar Dia de Combate ao Fumo para colocarmos o projeto em prática. O mesmo poderia ser realizado nas demais secretarias e órgãos do governo”, sugeriu a coordenadora.

Todos os participantes da reunião aderiram à idéia e se comprometeram a estudar as melhores estratégias para atingir os servidores de cada órgão público. Participaram da reunião preparatória representantes da Empresa de Desenvolvimento Agrário de Sergipe (Emdagro), da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), e das Secretarias de Estado Comunicação (Secom), da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social (Seides), do Planejamento (Seplan) e do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh).

Ações

Conforme Lívia Silva, gerente da DANT, durante três semanas serão afixadas faixas da campanha de lançamento do projeto. Na primeira semana, as pessoas serão levadas a refletir sobre o tema ‘Pare e pense! É coerente fumar nesse ambiente?. Na segunda, a reflexão será um estímulo para as pessoas sentirem vontade de parar de fumar com o mote ‘Fumar não combina com qualidade de vida: ajude a criar um ambiente livre do cigarro. Na terceira, a intenção é que as pessoas deixem de fumar nestes locais e a mensagem será ‘Pode respirar a vontade.

“Nossa equipe está fazendo uma pesquisa interna para sabermos quantos fumantes há na sede e no Edifício Estado de Sergipe (Maria Feliciana) e vamos fazer capacitações com estas pessoas, inclusive orientando-as a procurarem auxílio em uma das 23 unidades do Estado que atendem aos fumantes. Formaremos uma equipe de monitores para lembrar às pessoas que o ambiente é livre. A Vigilância Sanitária também é nossa parceira neste projeto e vai retirar todos os cinzeiros disponíveis”, informou Lívia.

Ela fez questão de ressaltar que todo o projeto será implantado de forma tranqüila e cordial. “Com todas estas medidas de implantação do projeto Ambiente Livre de Tabaco, ajudaremos as pessoas a reduzir o número de cigarros fumados e oferecemos o tratamento para aqueles que quiserem deixar o vício. Não iremos reprimir as pessoas, nem discriminá-las. Vamos tentar criar um ambiente de trabalho mais saudável”, concluiu, informando que a primeira semana da atividade começa na próxima segunda-feira, 11.