SANTA MARIA

Canal Viva Bem

Os moradores do bairro Santa Maria já aguardam com ansiedade a conclusão das obras de infraestrutura que a administração municipal está realizando na área. Em parceria com o Governo Federal, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), está investindo R$ 2.280.635,28 em terraplenagem, drenagem, implantação de meio-fio, construção de calçadas e pavimentação de 18 vias da localidade.


O projeto de infraestrutura da segunda etapa do Santa Maria foi elaborado para solucionar os focos de alagamentos e garantir a melhoria da qualidade de vida da comunidade. No total, serão cerca de 2,5 km de vias drenadas e pavimentadas entre os conjuntos Maria do Carmo e Padre Pedro. O prazo para execução dos serviços é de 180 dias.


Para quem reside no local, a expectativa é de que as obras ajudem a equacionar os transtornos provocados pela formação de focos de alagamentos e pela instabilidade do solo, que já faziam parte da rotina dos moradores nos períodos chuvosos.


“Por se tratar de um local próximo a mangues, o mínimo de chuva causava transtornos indescritíveis. Essa obra é importante porque vem sanar um problema que fugia do controle dos moradores, sem contar que saneamento básico é sempre bem vindo”, declara a representante comercial Selma Santos.


Mãe de quatro filhos, a agente mobilizadora Andreza de Jesus reside no local há três anos e acredita que a obra vai garantir a saúde e melhorar a qualidade de vida de toda a população. “O número de crianças aqui é enorme. Esse serviço de infraestrutura irá oportunizar a melhoria de vida para todos nós, especialmente para elas, que agora poderão brincar com segurança, sem correr nenhum risco”, ressalta a moradora.


Cronograma


De acordo com o presidente da Emurb, engenheiro Paulo Costa, apesar de algumas dificuldades terem sido encontradas no início da obra, como o estreitamento das ruas e a presença de lençóis freáticos, o andamento dos serviços tem obedecido ao cronograma previsto. “A equipe implantou um rebaixador de nível e fez uma mudança na rede de água. Dessa forma, o serviço de drenagem poderá ser concluído e a partir daí poderemos iniciar a terraplenagem da área”, assegura.


O engenheiro explica que a obra atende a uma demanda antiga dos moradores da região. “Por se tratar de um terreno bastante instável, as dificuldades em períodos de intensas chuvas iam desde a formação de pontos de alagamento até a impossibilidade acesso aos veículos. Essa é uma realidade que o município já está transformando. Com o apoio do Governo Federal, o Santa Maria vai se tornar um bairro com completa infraestrutura urbana”, garante Paulo Costa.