PRONATEC

Canal Viva Bem

Na noite desta sexta-feira, 14, a Prefeitura Municipal de Nossa Senhora do Socorro, por meio da Secretaria de Assistência Social, encerrou mais um curso do Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec. Realizado em parceria com o Senai, o curso  de pedreiro de alvenaria  foi realizado no Colégio Municipal Diva Maria Correa, no conjunto Fernando Collor e capacitou 20 alunos que estão aptos a trabalhar na construção civil.

Com carga horária de 200 horas, o curso envolve a parte teórica, onde os alunos aprendem sobre projetos, orçamentos, segurança, materiais e ferramentas. E também a parte prática, na qual os alunos aprendem todo o processo de uma construção, desde a fundação, levantamento de alvenaria e acabamento final.

Para o instrutor do curso, Fabrício Santos, além de oferecer a capacitação, outra grande preocupação é ajudar a incluir os socorrenses no mercado de trabalho. “O Senai tem parcerias com empresas da construção civil. Todo aluno do Senai tem um cadastro e sempre que surge demanda no mercado, eles são chamados para trabalhar”, explicou ele.

Apesar de ser uma área procurada, na maioria das vezes, por homens, cresce a cada dia o número de mulheres em busca de um lugar de destaque na construção civil. Prova disso é que, nessa turma de 20 alunos, cinco são mulheres, que estão prontas para colocar a mão na massa.


Para a aluna Thainara Gonzaga, 18 anos, o curso foi uma grande surpresa e trouxe muito aprendizado. “Não sabia nada de construção civil e agora estou saindo daqui sabendo fazer muita coisa. Não era uma área que eu pretendia seguir, mas gostei muito depois que comecei o curso e espero que surjam novas oportunidades para que eu possa mostrar meu trabalho”, disse.

A aluna Neovaneide Santos de Souza, 33 anos, contou que o curso trouxe uma “vida nova” para ela. “O curso foi maravilhoso, teve uma dinâmica diferente e me trouxe uma vida nova. Essas portas que o Senai abriu, por meio do Pronatec trouxe esperança para muita gente. Pretendo seguir na área e, para isso, já comecei a distribuir currículos nas empresas da construção civil. Quero profissionalizar ainda mais, pois estou visando o mercado de trabalho, senão eu fico para trás”, revelou ela.

De acordo com o aluno Antônio Marcos Santos Pereira, a sensação é de dever cumprido e de gratidão. “Agradeço muito à prefeitura de Socorro, à Secretaria de Assistência Social, em nome de dona Silvia Fontes, que nos proporcionou este curso e também ao Senai. Daqui para frente vou trabalhar e pretendo fazer outros cursos, entre eles, o de eletricidade”, completou ele.