Onco Hematos realiza Campanha de Lavagem das Mãos

Canal Viva Bem

Durante este mês de maio a clínica Onco Hematos realizou uma Campanha de Lavagem das Mãos, levando orientação aos profissionais e espalhando foldens, cartazes de orientação pelas dependências da clínica e distribuição de placas educativas. E durante essa segunda-feira, 29, foi feita uma mobilização com todos os profissionais para reforçar a importância de lavar e higienizar bem as mãos antes de qualquer tipo de atendimento ao paciente, além disso, a orientação para o uso do álcool em gel também foi realizada para os profissionais, que receberam um frasco de álcool em gel durante o evento. 

De acordo com a farmacêutica da Onco Hematos, uma das organizadoras da Campanha, Gildete Oliveira, esse é um ato universal que já faz parte da Organização Mundial da Saúde. “A Onco Hematos não poderia deixar de participar e enfatizar isso dentro do nosso trabalho já que somos um serviço com certificado, que buscamos sempre a excelência em todos os nossos atos para uma melhor qualidade no atendimento aos nossos pacientes”, explica.

“O profissional de saúde pode ser um meio comum de transmissão de doenças, então é preciso sempre lavar e higienizar as mãos entre um paciente e outro para ser um transmissor de cura e não de doenças. Ao lavar as mãos corretamente nós somos mãos de cura e não mãos de transmissão de doenças”, diz o oncologista clínico da Onco Hematos, Nivaldo Farias.

A enfermeira Raphaela Prudente explica que a lavagem das mãos é a forma mais prudente para prevenir infecções, seja em qualquer unidade hospitalar ou de saúde. “Essa é a maneira mais prática, básica e mais eficiente para evitar a contaminação e infecção dos nossos pacientes”, destaca a enfermeira, enfatizando que a lavagem das mãos é um procedimento que nunca se encerra, deve ser uma prática diária de todos que trabalham na clínica, desde profissionais de saúde até a equipe de recepção.


O funcionário da Higienização da clínica, Mike Vinícius dos Santos, ressalta que a mão é um grande contaminador de bactérias por isso é importante a alerta sobre esse tema para todos os profissionais não esquecerem dessa prática simples. “Com as mãos podemos pegar várias doenças. Para mim, por exemplo, que trabalho na parte de higienização e limpeza o cuidado deve ser redobrado para não infectar nem contaminar nada nem ninguém”, falou o profissional.

Ascom/Onco Hematos