MNSL

Canal Viva Bem

Entre os dias 31e 2 de agosto, a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), também gerenciada pela FHS, realizou 137 atendimentos, sendo 69 pacientes admitidas na unidade e 68 avaliadas, transferidas ou liberadas para o pré-natal. A unidade é referência no atendimento a gestantes de alto risco, mantendo também a atenção aos recém-nascidos.

De acordo com o superintendente da MNSL, Luis Eduardo Prado, foram realizados 59 partos, sendo 25 cesarianos e 34 procedimentos normais. Foram também contabilizadas duas cirurgias e sete curetagens.

"Foram realizadas uma laparotomia, manobra cirúrgica que envolve uma incisão através da parede abdominal para aceder à cavidade abdominal. No centro cirúrgico da MNSL foi feita também uma sutura de laceração no rompimento orgânico dos músculos perineais que permitiu a passagem do bebê”, detalhou o gestor.

A MNSL atende gestantes de alto risco portadoras de patologias, como hipertensão, diabetes, cardiopatia e trabalho de parto prematuro. A unidade também se destaca no atendimento ao cidadão vítima de violência sexual. Sobre casos dessa natureza, uma paciente de 14 anos, proveniente do município de Aquidabã, foi atendida na unidade na última sexta-feira (31). Foi disponibilizado acompanhamento individualizado e acolhimento feito por uma equipe multidisciplinar. 

Por Katiane Menezes, Juliana Costae Eugênio Santana