Médicos param por tempo indeterminado

Canal Viva Bem


Os médicos que trabalham para o município de Aracaju paralisaram suas atividades por tempo indeterminado, nesta quarta-feira, 6/2. A categoria espera receber uma contrapoposta da Prefeitura Municipal de Aracaju para decidir a continuidade da greve, até amanhã pela manhã, quando realiza uma assembléia geral, no auditório da Sociedade Médica de Sergipe (Somese).


Segundo o presidente do Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed), José Meneses, a prefeitura marcou uma reunião com os médicos para o próximo dia 12, mas a categoria espera uma posição até o início da assembléia, que deve começar às 8h30. “A nossa reunião com a prefeitura está marcada para o dia 12, mas queremos que os gestores públicos nos dêem pelo menos um sinal da contra-proposta para que possamos decidir a continuidade ou não da greve”, relatou ele.


A assembléia de amanhã contará com a presença de Eduardo Santana, presidente da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), que está em Aracaju e participará ainda de reunião almoço na Sociedade Médica de Sergipe nesta quinta-feira, 7/2. Na pauta, a lém da greve dos médicos, a paralisação nacional da categoria, que está marcada para o dia 5 de março deste ano.