Médicos da rede estadual também iniciam campanha salarial

Canal Viva Bem


Por Rosângela Cruz


 


Depois das negociações salariais iniciadas com a Prefeitura Municipal de Aracaju, os médicos trabalham na estruturação de um mesmo projeto destinado ao Governo do Estado. A formatação do projeto que prevê revisões salariais, foi discutida numa assembléia geral, promovida no Sindicato dos Médicos do Estado de Sergipe, na última terça-feira (19), às 19h30.  


 


Na assembléia ficou definido que os médicos irão formar uma comissão para planejar o Plano de Carreira do Médico até março de 2008; convocar o secretário estadual da Saúde, Rogério Carvalho para explanar sobre as fundações na Mesa de Negociações Permanente.


 


As negociações estão relacionadas aos médicos que trabalham no Hemose-Hemolacem, nas maternidades – Santa Isabel, Hildete Falcão Batista e Nossa Senhora de Lourdes, dos hospitais regionais, no Samu Estadual e no Hospital de Urgência João Alves Filho.


 


Para definir os últimos ajustes, os médicos irão realizar uma nova assembléia, que acontece no dia 4 de março, às 19h na sede do Sindimed. O presidente do Sindicato, José Menezes disse que não descarta a adesão da classe em Sergipe, a Paralisação Nacional dos Médicos, prevista para acontecer no dia 5 de março em todo o país.


 


Em relação aos médicos lotados no Instituto de Previdência do Estado de Sergipe  (Ipesaúde), está agendada uma outra assembléia geral, que acontece no dia 26 de fevereiro, no auditório do Ipes, às 8h. A direção do Sindimed/SE, juntamente com a classe irá avaliar as seguintes propostas: Plano de Carreira, mobilização salarial 2008 – gratificação temporária, entre outros.