III Olimpíada Especial Unimed começa dia 20

Canal Viva Bem


Toda a equipe do Serviço de Medicina Preventiva – Sempre Unimed está trabalhando nos preparativos finais para a realização da III Olimpíada Especial Unimed. O evento, promovido através da Coordenação de Responsabilidade Sócio-Ambiental (CORSA) da cooperativa médica, tem como objetivo promover a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida através do esporte, de portadores de necessidades especiais. As atividades acontecerão de 20 a 22 de setembro, no Complexo Desportivo do Serviço Social da Indústria (Sesi), localizado na avenida Tancredo Neves. A abertura está marcada para as 8 horas do dia 20 deste mês.


 


De acordo com Rosemary Costa, que responde pela Coordenação de Responsabilidade Sócio-Ambiental da Unimed, a expectativa de reunir 1,5 mil participantes, portadores de diversos tipos de necessidades especiais, já foi superada. “Já temos mais de 1,6 mil inscritos, de diversas instituições de todo o Estado”, informa ela. Os atletas especiais vão disputar em 12 modalidades, dentre elas também recreação.


 


Serão competições de vôlei, futsal, atletismo e muitas outras, além de atividades recreativas. A Olimpíada Especial Unimed, que desde a sua primeira edição superou as expectativas de participantes, vem crescendo a cada ano. A primeira aconteceu em setembro de 2005 e teve mais de 850 inscritos, entre crianças, adolescentes e adultos portadores de necessidades especiais, assistidos por mais de 24 instituições de todo o Estado.


 


No ano passado, o número de inscritos foi ampliado para cerca de 1,2 mil participantes, assistidos por quase 50 instituições da capital e do interior do Estado. “Além das diversas modalidades esportivas, a exemplo de futsal, vôlei, futebol de salão, atletismo, dama, dominó e xadrez, entre outras, este ano também teremos recreação paralela para aqueles que não estão inscritos nas competições. O público especial tem que estar em atividade constante”, relata Rosemary Costa, coordenadora da CORSA.


 


Em 2006, uma das atividades que chamou atenção foi o futsal visual, onde portadores de deficiência visual de diversas idades, participaram da competição de chute a gol, com uma bola de guizo (barulho). “As provas de natação também são muito bonitas, porque você vê competidores com todos os tipos de deficiência participando, seja ela visual, auditiva, física, síndrome de down ou outra qualquer”.


 


O evento esportivo é feito em parceria com diversas instituições públicas e privadas e o Serviço Social da Indústria (Sesi), cujo encerramento acontece dentro da programação do Sesi Ação Global. As competições e atividades recreativas serão desenvolvidas no Complexo Desportivo do Sesi, no período 20 a 22 de setembro. Durante a realização das provas, a Unimed vai manter ainda uma ambulância com médico de plantão no local para possíveis intercorrências.


 


Assim como nas edições anteriores, conforme explica a coordenadora da CORSA, Rosemary Costa, a Unimed Sergipe espera alcançar mais uma vez o seu objetivo, com a realização do evento. “Com a III Olimpíada Unimed Especial, estamos contribuindo para a construção da cidadania e inclusão social das pessoas portadoras de necessidades especiais. Esta é uma das preocupações da Unimed Sergipe, enquanto cooperativa preocupada com a responsabilidade sócio-ambiental”, diz ela.