ESCOLA DE PAIS

Canal Viva Bem

Os pais dos estudantes da rede municipal de ensino de Nossa Senhora do Socorro poderão sentir o gostinho de estar em sala de aula novamente. Isso porque, a Prefeitura da cidade, demonstrando mais uma vez o compromisso em oferecer educação  cidadania para os munícipes, criou a Escola de Pais. A iniciativa da administração do município, por meio da Secretaria Municipal da Educação, tem como objetivo integrar as famílias e as instituições de ensino para que juntos tenham a oportunidade de aprimorar os conhecimentos em relação a diversos temas, como também ao desenvolvimento dos filhos.


De acordo com a diretora da Escola de Pais, Cláudia Regina Cruz, o projeto se concretizará em março. Para isso, os diretores das escolas municipais apresentaram aos pais um formulário contendo informações sobre a Escola e a inscrição no ato da matrícula dos seus filhos. Além disso,  serão realizadas ainda  reuniões de pais nas unidades de ensino que disponibilizem Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II para que todos tenham conhecimento da ação.


“A Escola de Pais oferecerá palestras sobre saúde, educação, drogas, meio ambiente, cidadania entre tantos outros. Vamos também organizar passeios, feiras, exposições, oficinas e cursos profissionalizantes. Para isso, contaremos com a parceria das Secretaria Municipal da Assistência Social; Comunicação; Meio Ambiente, Pesca e Recursos Hídricos; Assuntos Jurídicos; Saúde; Cultura e outras que queiram nos apoiar nesta ideia”, disse Regina.


Segundo o secretário municipal da Educação, Wellington Mangueira, a intenção de criar a Escola de Pais surgiu após uma vista no Sul e Sudeste do Brasil. “Algumas funcionárias do órgão que coordeno, em visita ao Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo, verificaram a existência deste programa, achamos interessante, falamos com o prefeito Fábio Henrique, que prontamente aprovou e resolvemos colocá-lo em prática em Socorro”, explicou.


“Com isso, esperamos fazer com que os pais de aproximadamente 15 mil alunos compreendam que seus filhos merecem mais atenção no que diz respeito aos estudos; desenvolvam a capacidade de entender e desenvolver críticas sobre os temas apresentados; de abrir a mente para os infinitos assuntos que giram em torno de seus jovens e crianças e tenham cada vez mais acesso à cidadania. Pesquisamos e não encontramos nenhum estado no Nordeste que já houvesse realizado  uma ação como esta. Socorro mais uma vez é pioneiro”, destacou Mangueira.


Participação


Para participar do projeto, os pais devem primeiramente solicitar e preencher um formulário na escola em que seu filho estuda, munidos de duas fotografias 3×4. O vínculo deles com a instituição de ensino só será mantido enquanto a criança ou jovem estiver estudando.


Ao início das aulas, os pais receberão fardamento e aqueles que tiverem uma profissão serão cadastrados em um banco de dados para a divulgação e oferta de serviços autônomos para a comunidade. Caso algum pai, mãe ou responsável tenha dúvida ou queira informar-se mais sobre o assunto deve ligar para os seguintes números: 9811-0051 ou 2106-7452.