Cerca de 43% dos brasileiros estão com excesso de peso

Canal Viva Bem


Todo mundo quer viver mais, com qualidade de vida e saúde. Mas os esforços para que isso se concretize parece que não estão sendo suficientes. Foram divulgados os resultados do segundo Vigitel, pesquisa realizada pelo Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, que aponta um número elevado de brasileiros com excesso de peso e obesos nas capitais dos 26 estados do país e no Distrito Federal, onde foram feitas as entrevistas.


De acordo com a pesquisa, aproximadamente 43% da população adulta está com excesso de peso, o que quer dizer IMC (Índice de Massa Corporal) igual ou maior que 25 mas inferior a 30. Já o percentual de obesos, IMC igual ou maior que 30, é de 12,9% em 2007. Em 2006, ano em que foi realizado o primeiro Vigitel, o índice foi 11,4%.


Foram realizadas 54 mil entrevistas e além do excesso de peso e da obesidade foram investigados fatores como prática de atividades físicas, tabagismo, consumo de frutas, legumes e verduras, consumo de carnes e refrigerantes, a incidência de hipertensão arterial e diabetes e outros pontos para medir o risco de incidência de doenças crônicas na população brasileira.


Veja alguns índices nacionais registrados pelo Vigitel 2007


– 17% dos entrevistados disseram consumir a quantidade de frutas, verduras e hortaliças recomendada pela OMS (400g/dia, o que corresponde a cinco ou mais porções)


– 32,8% assumiram consumir carnes com gordura aparente


– 53% respondeu ingerir leite integral


– 26,7% disseram beber refrigerantes cinco ou mais dias da semana


– 29% dos entrevistados assumiram ser sedentários


Fonte: Ministério da Saúde e Agência Brasil