ARACAJU

Canal Viva Bem


A inauguração da Escola de Condutores está marcada para a próxima sexta-feira, 9, às 11h, no Centro de Educação para o Trânsito Seixas Dórea. A iniciativa é o amadurecimento de um conceito desenvolvido pela Prefeitura de Aracaju, por meio da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), que agora se torna uma realidade. A idéia é favorecer as pessoas sem condições financeiras de pagar para ter sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH).


Os primeiros contemplados desse projeto serão os guardadores de carros, popularmente conhecidos como flanelinhas. A SMTT selecionou 60 pessoas que praticam a atividade, divididas em duas turmas, as quais assistirão às aulas nos turnos da manhã e da noite. Os futuros condutores receberão 30 aulas teóricas e 45 aulas práticas gratuitamente e, hoje pela manhã, tiraram fotos e fizeram exames médico e psicotécnicos na própria Escola de Trânsito.


De acordo com o superintendente da SMTT, Antônio Samarone, a medida poderá vir a criar oportunidades de emprego para os guardadores de carros, como a profissão de manobrista, por exemplo. Ainda de acordo com o superintendente, educadores da SMTT fizeram o trabalho de triagem dos guardadores de carros, conscientizando-os da importância da iniciativa e divulgando a nova Escola de Condutores do município. “Uma das preocupações dos trabalhadores é a respeito do custo da habilitação, mas nós já esclarecemos a eles que não haverá nenhum tipo de custo financeiro, o que gerou muita satisfação”, explicou.


Programas sociais


As duas primeiras turmas da Escola de Condutores serão formadas pelo segmento de guardadores de carros. No entanto, como a medida visa democratizar o benefício do fornecimento gratuito da CNH, as próximas turmas de condutores serão formadas tendo por base o cadastro de pessoas inseridas nos programas sociais da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc), a exemplo do Bolsa Família e do Projovem Adolescente.