TECNOLOGIA SOCIAL

Canal Viva Bem


Prêmio Fundação BB será lançado em Brasília


A quinta edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social será lançada nesta quarta-feira (25), em Brasília/DF. O evento, promovido pela Fundação BB e a Petrobras, terá início às 19h30, no teatro do Centro Cultural Banco do Brasil. As inscrições, que ficam abertas até 29 de maio, devem ser feitas apenas pela internet, na página www.fundacaobancodobrasil.org.br. Podem participar instituições sem fins lucrativos, legalmente constituídas no país.


A novidade desta edição é a abertura das categorias participação das mulheres na gestão de projetos sociais, gestão de recursos hídricos e direitos da criança e do adolescente e protagonismo juvenil, que se juntam às já tradicionais, que determinam um ganhador para cada região do país.


Realizada a cada dois anos, com a parceria da Petrobras, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e da KPMG Auditores Independentes, a premiação tem como proposta identificar, certificar, premiar e difundir tecnologias sociais. O conceito compreende produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade, que representem soluções efetivas de transformação social.


“Nosso único mérito é reconhecer os méritos dos outros e identificar soluções sociais criadas por diferentes comunidades em todo o país”, explica o presidente da Fundação Banco do Brasil, Jacques Pena. No Banco de Tecnologias Sociais (BTS), criado em 2001 para ser uma base de dados on-line contém informações sobre todas as tecnologias certificadas em todas as edições do prêmio, em português, inglês e espanhol.


Estarão presentes no lançamento, além do presidente da Fundação Banco do Brasil, Jacques Pena, o vice-presidente de Gestão de Pessoas e Responsabilidade Socioambiental do Banco do Brasil, Luiz Oswaldo Sant’Iago, o gerente setorial de Comunicação da Regional Norte Centro-Oeste/Minas Gerais da Petrobras, José Samuel Magalhães, o diretor-executivo do Centro de Desenvolvimento Agroecológico do Cerrado (Cedac), Orélio Silva, e o representante da Unesco no Brasil, Vincent Defourny.


Os nomes dos vencedores serão conhecidos em novembro e cada um receberá R$ 50 mil, recursos que devem ser destinados à expansão e melhoria dos processos e técnicas inscritos no concurso.


Desafio


De 2001 a 2007, o Prêmio Fundação Banco do Brasil recebeu 2.497 inscrições. A região Sudeste inscreveu 971 projetos; a região Nordeste, 585; a região Sul, 532; o Centro-Oeste, 250; e o Norte, 159.


Para o presidente da Fundação Banco do Brasil, Jacques Pena, o desafio desta edição é conseguir ampliar o número de inscrições nas regiões Norte e Centro-Oeste. “Há muita coisa sendo feita por grupos dessas regiões que ainda não conseguimos identificar”, afirma.


Lançamento da quinta edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social


Data: 25 de março de 2009 (quarta-feira)


Hora: 19h30


Local: Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil