SMTT

Canal Viva Bem


Prazo para emplacamento de carroças vai até 2 de fevereiro

<!–

Fonte: Agência Estado

–>

Está chegando ao final o prazo para o emplacamento dos veículos de tração animal que circulam no município e tem sido grande a presença dos condutores de carroças no Centro de Educação para o Trânsito Seixas Dórea (Escola de Trânsito) da Prefeitura de Aracaju. Aqueles que ainda não fizeram o emplacamento devem lembrar que o prazo termina no dia 2 de fevereiro.


A partir dessa data, o trabalho de fiscalização da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) será intensificado nas ruas e, caso os condutores de carroça não tenham se adequado, estarão sujeitos às penalidades legais, podendo, inclusive, ser retirados de circulação. “Quanto mais veículos de tração animal emplacados, melhor será para o trânsito da cidade”, explica o emplacador de carroças da SMTT, Antônio Vieira de Jesus.


Segundo a coordenadora do Programa de Condutores de Veículos de Tração Animal da SMTT, Rita de Cássia, o objetivo é melhorar o ordenamento do trânsito de carroças e assim garantir a segurança dos carroceiros e dos próprios pedestres. “Nossa intenção é criar as condições para protegê-los e proteger os cidadãos que transitam pelas vias da cidade. Com o cadastramento e o emplacamento, teremos um melhor controle da situação”, explica.


O emplacamento é a última fase de todo um processo educacional. Inicialmente, os condutores participaram de um curso sobre noções de trânsito e até o próximo dia 2 todos devem ter recebido a carteirinha de condutor, a placa e o certificado de conclusão do curso de direção defensiva. “A carteira de condutor será muito importante porque evitará que menores conduzam o veículo ou mesmo pessoas despreparadas para circular no município. Só poderá circular quem estiver habilitado”, explica Rita de Cássia.


Para fazer o emplacamento, os condutores de tração animal devem se dirigir até o Centro de Educação para o Trânsito Seixas Dórea (Escola de Trânsito) durante o horário comercial, de preferência pela manhã. O procedimento é gratuito e não é preciso levar nenhum tipo de documentação.


Respeito


“Estamos amparados por uma lei e seremos vistos de outra forma. Fazemos parte do trânsito e ninguém nos respeitava; agora a história é outra. Depois do curso aprendemos mais sobre como lidar com o trânsito da cidade”, destaca o vice-presidente do Sindicato dos Condutores de Veículos de Tração Animal de Aracaju, Ivanildo Pereira da Silva.


Além da proteção aos condutores, os animais também receberão tratamento especial das equipes da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), que irão fiscalizar as condições de trabalho impostas a cavalos, burros etc. Informações sobre a entrega das placas podem ser obtidas na Coordenadoria de Educação para o Trânsito da SMTT: (79) 3179-1450.