Sintasa realiza “missa do sétimo dia” do reajuste dos 5% do governo

Canal Viva Bem


O Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe realiza nesta quarta-feira, dia 16 de julho, às 7h, com concentração na praça General Valadão (em frente à Secretaria de Estado da Saúde), mais um ato público para reivindicar o reajuste de 5% dos trabalhadores da saúde ofertado pelo governo do Estado. Na mobilização será servido um café da manhã, onde servidores da capital e interior foram convidados para uma assembléia, após a reunião entre o Sintasa e o secretário de Estado da Saúde. “Todos vão estar vestidos de preto e sairemos em caminhada pelos Calçadões do Centro de Aracaju entregando à população, um ‘testamento’ que denuncia o caos no setor da saúde”, diz o presidente da entidade, Augusto Couto.


O presidente do Sintasa informa ainda que além de reivindicar o aumento pífio da gestão atual, os trabalhadores lutam também por melhores condições de trabalho e por um reajuste salarial de 100% em cima do salário base. O sindicato junto com todos os trabalhadores vai realizar uma “missa do sétimo dia” do senhor ‘Aumento Salarial 5%’. “O cortejo do nosso “companheiro” passará pelas ruas dos calçadões do Centro da cidade, como aconteceu no último dia 10 de julho. Estaremos no local com um caixão e várias faixas de protesto contra o atual governo”, finaliza Maria das Graças, diretora do Sintasa.


Testamento


O Senhor ‘Aumento Salarial 5%’, preocupado com os servidores da saúde, usuários e colaboradores “afilhados”, deixa um riquíssimo testamento. Para os servidores da saúde, eu não tenho o que deixar: deixo aumento de trabalho, regime de escravidão, contas atrasadas e eu, é claro, o senhor ‘Aumento Salarial 5%’. Para o usuário eu não tenho o que deixar: deixo superlotação, falta de medicamento, de acolhimento, o mosquito da Dengue e o atestado de óbito. Para os colaboradores “afilhados” eu não tenho o que deixar: Deixo sobra e água fresca, viagens, conforto, condições adequadas de trabalho, plano de saúde, salário digno e muita tranqüilidade em hotéis 5 estrelas.