PRAIA DO SACO

Canal Viva Bem


Ações da Deso solucionam problemas antigos do litoral sul


 


Limpeza de reservatórios; limpeza do aerador da ETA; manutenção em bombas submersas; combate eficaz aos gatos; plano de negociação de débitos; e agilização do serviço de conserto de rede. Foi desta forma que a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) melhorou em 40% o abastecimento de água da praia do Saco, no município de Estância.


 


As ações da Deso solucionaram problemas antigos na localidade, principalmente neste período de verão, em que o abastecimento se tornava bastante deficiente. De acordo com o chefe do escritório do município de Itaporanga D’Ajuda, Marcos Roberto Carvalho Lima, durante o ano de 2008 foram iniciados trabalhos para a melhoria de rendimento do sistema na praia do Saco. As manutenções foram intensificadas para que também a qualidade da água fornecida na região fosse melhorada.


 


Marcos Roberto considera que a ação sobre as ligações clandestinas foi fundamental para o ganho de rendimento do sistema. “Foi feita uma fiscalização intensiva em toda a região, com um trabalho de atualização cadastral e combate eficaz aos gatos. Com isso, o desperdício por conta do consumo exagerado caiu vertiginosamente”, explica, acrescentando que a dedicação das equipes de trabalho fizeram com que os resultados positivos aparecessem naturalmente.


 


Com relação aos gatos, como exemplo Marcos citou um das ruas da praia do Saco, onde das 44 casas existentes 43 foram flagradas sendo abastecidas com ligações clandestinas. “A única restante se antecipou, negociou o débito e solicitou a religação. Ou seja, todas as casas da rua estavam irregulares. Este tipo de fiscalização a Deso nunca havia feito”, exemplificou.


 


Além do que foi constatado nas ações, o que chama a atenção é a condição socioeconômica dos proprietário de residências onde os gatos foram descobertos, o que é injustificável. “Trabalhamos em conjunto e com firmeza”.


 


Itaporanga


 


No município vizinho, Itaporanga D’Ajuda, as intervenções da Deso eliminaram – em pleno verão – as também históricas manobras no abastecimento. O trabalho começou por uma manutenção rigorosa nos registros, passando pela construção de uma rede de interligação, atualização cadastral e pela adequação dos procedimentos de operacionalização do sistema.


 


Com estas iniciativas, foram eliminadas as manobras e solucionado o problema mais crítico do município, que era o abastecimento dos bairros Morro e Alto do Coelho. “Houve o empenho dos funcionários para também criar um bom relacionamento com os usuários. Não temos mais reclamações e quando há a necessidade de interromper momentaneamente o abastecimento fazemos questão de só retornar ao escritório quando a água chega ao ponto mais critico do município. Esta atenção para com a população também nos proporciona uma condição melhor para o trabalho”, conclui Marcos.