Pesquisa liga estresse a puberdade precoce nas meninas

Canal Viva Bem


Conflitos familiares podem influenciar o início da puberdade em meninas, segundo um estudo norte-americano. De acordo com pesquisadores das universidades do Arizona e de Wisconsin, que acompanharam crianças da pré-escola à “infância média”, garotas que vivem em famílias com mais suporte dos pais e menos conflitos conjugais experimentam as primeiras mudanças hormonais mais tarde do que as outras.


 


E eles destacam que mesmo conflitos familiares modestos e estresses comuns podem influenciar um desenvolvimento sexual precoce das garotas. Acredita-se que crianças que crescem em um ambiente hostil alcançam a maturidade sexual mais cedo para ter uma maior chance de sobrevivência de seus genes. Porém, a puberdade precoce feminina é um fator de risco para uma série de problemas de saúde.