Hemolacen precisa de sangue tipo “O” Negativo

Canal Viva Bem


O Centro de  Hemoterapia de Sergipe (Hemolacen) está precisando com urgência de sangue fator RH “O” Negativo. Mesmo comemorando o resultado de 500 novos doadores angariados através da Campanha “Santo  de Casa Também  Faz  Milagre”, desenvolvida nas empresas privadas, instituições e associações, o Hemocentro precisa  selecionar  esse tipo de sangue para realização de plaquetas de Aférese. 


 


Aférese


É uma técnica utilizada para fazer separação de componentes do sangue. De acordo com o hematologista Carlos Guimarães, a doação de plaquetas, células responsáveis pela coagulação sanguínea, por aférese chama-se “Plaquetaférese”.


O sangue é retirado pela veia e passa através de um sistema descartável localizado dentro da máquina. Após esse procedimento as plaquetas são separadas para uma bolsa e os demais componentes do sangue são devolvidos ao doador. Todo procedimento dura aproximadamente 90 minutos.


O Hemolacen adquiriu recentemente uma nova máquina para realização de Aférese, técnica utilizada para separar componentes do sangue, que preferencialmente precisa ser do tipo RH Negativo.  A nova máquina é mais compacta e leve tem apenas 20 quilos e possui alta complexidade para realização da coleta de plaquetas. De acordo com Patrícia  Barroso, gerente de produção do Banco de Sangue, com esse novo equipamento, muda toda a nossa metodologia de trabalho, o que equivale a mais segurança, conforto e eficiência na coleta e tratamento do pacientes portadores de leucemias e de outras doenças hematológicas.