Fundação BB lança passo-a-passo sobre Produção Agroecológica Integrada e Sustentável

Canal Viva Bem


Mais alimento, trabalho e renda no campo são os resultados que um agricultor pode conseguir ao implantar o sistema de Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS). É, também, o título da cartilha e do DVD que serão lançados, no dia 20 de maio, pela Fundação Banco do Brasil e parceiros, com o passo-a-passo de como implantar a tecnologia social. O evento será realizado no Centro Cultural de Brasília, às 19h30.


Participam o presidente da Fundação BB, Jacques Pena, o agrônomo senegalês Aly Ndiaye, criador da tecnologia e o ator e produtor de alimentos orgânicos Marcos Palmeira, difusor do PAIS.


No dia 21, pela manhã, Aly e Palmeira visitam uma unidade do sistema em Cristalina/GO, a 128 km de Brasília. Às 13h30 ministram palestra no Seminário Municipal de Agroecologia, realizado naquela cidade pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Apoio à Agricultura Familiar – Rede Terra, em parceria com a Fundação Banco do Brasil e a Prefeitura Municipal de Cristalina.


A cartilha é um suporte para o material apresentado no dvd. Ambos foram produzidos a partir de entrevistas com agricultores de Cristalina, Pirenópolis e Porangantu, em Goiás, e do Núcleo Rural de Ceilândia, no Distrito Federal, com o apoio técnico da Fazenda Vale das Palmeiras, localizada em Petrópolis, Rio de Janeiro. Também colaboraram o Instituto de Permacultura do Cerrado (Ipec), a Fazenda Malunga, o Sítio Água Santa e a Rede de Teconologia Social (RTS).


O dvd, com 20 minutos de duração, contém um vídeo principal com dados gerais sobre o PAIS e outros seis módulos detalhando as principais etapas da implantação de uma unidade familiar de produção agroecólogica. São elas: escolha e preparação do terreno; seleção das culturas; demarcação do galinheiro e dos canteiros circulares; construção do galinheiro; preparação dos canteiros; uso de energia; sistema de irrigação por gotejamento; compostagem; quintal agroecológico; associativismo e comercialização.


Aprender e reaplicar – “A cartilha e o dvd são um material instrucional, ou seja, servem tanto para difundir a tecnologia social quanto para que aqueles que se interessem por ela possam reaplicá-las em suas terras a partir do passo-a-passo apresentado”, diz o presidente da Fundação Banco do Brasil, Jacques Pena.


O PAIS é montado em torno de um sistema de anéis destinados a culturas diferentes e complementares. O centro é utilizado para a criação de pequenos animais, como galinhas e patos, cujo esterco é utilizado para adubar as plantações que estão nos anéis. A irrigação é feita por gotejamento. Ao redor da unidade, pode ser criado o quintal agroecológico, que serve para reflorestamento, cultivo de frutas e de espécies nativas e comerciais.


O sistema começou a ser utilizado em 1999, na região serrana de Petrópolis/RJ, com uma família de pequenos produtores e, a partir de 2005 passou a ser reaplicado pela Fundação Banco do Brasil, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e o Ministério da Integração Nacional.