Federação Juventude Aracaju realiza I Caminhada Sangue Bom

Canal Viva Bem


A Federação da Juventude de Aracaju realiza amanhã às 14h30, a I Caminhada Sangue Bom, saindo da praça da Bandeira com destino à praça Fausto Cardoso. O movimento será coordenado pelo presidente da entidade Kleber Alves Vieira, e tem como objetivo solidarizar e incentivar os doadores voluntários de sangue do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemolacen), e contemplar as atividades realizadas na Semana Nacional do Doador de Sangue, comemorado no último domingo, dia 25.


 


O evento tem como slogan “Doe Sangue, seja um Herói por uma Vida”, contará com o apoio do Hemocentro, Prefeitura Municipal de Aracaju, Polícia Militar do Estado, Frangos Rodrigues, Secretaria de Esporte e Lazer, Sergipe Veículos e Secretaria de Estado da Saúde (SES).  Para Kleber Vieira presidente da Federação, a idéia do movimento partiu da necessidade que a comunidade em que reside precisar de várias doações de sangue. “Como meus amigos e familiares estão sempre precisando de doadores, nada mais justo do que realizar essa caminhada para chamar a atenção da sociedade, para a importância de se tornar um doador voluntário, hoje somos nós e amanhã poderá ser você, a precisar de algumas gotas de sangue para sobreviver”, completou Kleber.  A expectativa é que a caminhada possa reunir cerca de duas mil pessoas, entre estudantes e moradores dos conjuntos Bugio, Agamenon Magalhães e bairro Lamarão. 


 


Para o presidente do Hemolacen, Roberto Gurgel, atitudes como essa do presidente da Federação e sua população jovem, deve servir como exemplo para outras entidades, instituições e pessoas com espírito solidário e humanista.


 


Condições


Há critérios para doação de sangue. O doador deve ter mais de 18 anos e menos de 65 anos; pesar acima de 50 kg, do sexo masculino deve ter doado há mais de 60 dias; do sexo feminino até 90 dias e não pode estar grávida nem amamentando; não ter sido contaminado por hepatite B e C, não ter sido picado pelo barbeiro, transmissor da doença de Chagas; não ter contraído malária ou estado em região de malária nos últimos seis meses.


 


O doador não pode sofrer de epilepsia; nunca ter contraído cifres; não pode ser diabético; ter feito tatuagens recentes (menos de um ano) ingerido bebida alcoólica nas 24 horas que antecedem a doação; estar alimentado e com intervalo mínimo de duas horas do almoço; ter dormido pelo menos seis horas que antecede a doação, não ter contato com o vírus da Aids, nem usar drogas injetáveis. Mais informações sobre a Caminhada, entrar em contato com Kleber Vieira, pelo fone (79) 3252-4466 / 9137-9003 / 9929-9532.