Carro Fumacê realiza última aplicação de inseticida do mês de janeiro

Canal Viva Bem

Entre os dias 25 e 29 de janeiro, o carro Fumacê estará circulando em cinco bairros de Aracaju para realizar o último ciclo de aplicação de inseticidas do mês. O fumacê, que é uma parceria entre a Prefeitura de Aracaju e o Governo do Estado, circula no começo da manhã e no final da tarde, em horários apontados como mais propícios para a presença do Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Zika e febre Chikungunya. Nos dias 25, 26 e 27 de janeiro o fumacê estará no bairro Cidade Nova, nos dias 25 e 26 no Santo Antônio, 27 e 28 no bairro 18 do Forte, de 25 a 28 no bairro Santa Maria, e nos dias 28 e 29 de janeiro o fumacê estará no bairro 17 de Março.

Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Controle da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya, Taíse Cavalcante, a cada mês o fumacê passará em bairros diferentes. “Durante todo o mês de janeiro o fumacê passou pelos mesmos cinco bairros, pois, para eliminar os mosquitos adultos, é preciso realizar quatro ciclos de aplicação, um em cada semana. A aplicação é dividida de acordo com o ciclo de desenvolvimento do mosquito, pois, da picada da fêmea e da maturação do ovo até a formação do mosquito adulto, são passados sete dias. O carro fumacê deve retornar a cada sete dias para eliminar os novos mosquitos que foram gerados durante a semana anterior, pois, o ovo dessa semana é o mosquito da semana que vem”, explicou.

A coordenadora ainda destacou que o objetivo é eliminar o máximo possível a quantidade de mosquitos com a colaboração dos moradores. “Os agentes de endemias continuam realizando seus trabalhos de visitas nas casas normalmente. O carro fumacê é mais uma metodologia recomendada pelo Ministério da Saúde que visa diminuir o número de casos das três doenças transmitidas pelo Aedes. É importante destacar que, em casos de suspeitas de focos do mosquito em casas fechadas ou outras localidades, a população pode colaborar ligando para a Ouvidoria Municipal de Saúde, através do número 156”, ressaltou.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta os moradores a deixar as portas e janelas abertas para que a fumaça consiga entrar. É importante alertar as pessoas que têm processo alérgico para não entrar em contato com a fumaça, principalmente crianças e idosos. E se tiver alimentos expostos, devem ser cobertos durante a aplicação. O morador também é essencial para eliminar os ovos e larvas através da limpeza dos quintais e dos recipientes com água parada, pois o fumacê não elimina os ovos, apenas o mosquito adulto.

Fonte: AAN