Agentes de saúde de Aracaju fazem ato público no Centro

Canal Viva Bem


Nas primeiras horas desta manhã, os agentes de saúde e de controle de endemias que atuam na capital começaram a se concentrar na praça Camerino, de onde partiram rumo à Câmara de Vereadores de Aracaju, para manifestar suas reivindicações. O ato público tem como principal objetivo cobrar da prefeitura uma posição sobre a situação trabalhista da categoria que foi contratada mediante seleção pública, mas não é reconhecida como efetiva.


 


Nessa situação estão 980 agentes comunitários, sendo 750 de saúde e outros 230 de controle de endemias. A efetivação reivindicada tem como  base a lei 11.350, que trata da regularização da situação funcional das categorias. Segundo os manifestantes, o Ministério Público já recebeu, há cerca de três meses, uma documentação que comprova a participação dos agentes do processo seletivo para o cargo, mas ainda não se manifestou sobre o assunto.


 


Da Câmara de Vereadores, os manifestantes seguiram em passeata pela ruas Itabaianinha e Geru, voltando para praça Fausto Cardoso, em direção à Assembléia Legislativa.